fbpx

Há cerca de 3 anos a Forbes destacava o espírito empreendedor português e, têm sido consecutivas as vezes em que nomes de jovens portugueses são mencionados como mentes “brilhantes” que criaram o seu próprio negócio “do zero”.

Nada como um pequeno (grande) exemplo para nos aguçar o espírito empreendedor certo? Então aqui ficam 5 jovens portugueses que, antes dos 30 anos, construíram o seu futuro:

 

José Costa Rodrigues

Aos 16 anos vende o seu telemóvel usado com lucro. Cinco anos depois, já faturava cerca de 1 milhão de euros e abria a sua primeira loja em Lisboa.

José teve a ideia de criar uma marca (inicialmente apenas com loja online e agora com 2 lojas físicas também) de revenda de telemóveis semi-usados: a Forall Phones. Além de oferecer aos seus clientes a possibilidade de terem um smartphone a preços muito mais acessíveis, promete a garantia de qualidade.

Atualmente, a Forall está presente também em Espanha e na Polónia e tem uma faturação anual que ultrapassa o expectável para uma empresa com menos de três anos de vida.

 

Miguel Pina Martin 

Tudo começou em 2007 quando Miguel Pina Martins construía o seu projeto de final de curso e percebeu que criar e vender brinquedos educativos seria rentável.

Com capital próprio e alheio (capital de risco e de 15 acionistas iniciais, entre os quais alunos e professores), nasceu a Science4you em 2008 que, rapidamente, se internacionalizou e está presente em mercados como Espanha, Reino Unido e, mais recentemente, Estados Unidos, auferindo uma faturação anual de mais de 20 milhões de euros.

 

Miguel Santo Amaro 

A história de Miguel começou em 2012, após terminar a licenciatura e, juntamente com dois amigos, Mariano Kostelec e Ben Grech, decidirem criar uma startup digital com expressão mundial: a Uniplaces.

Com 22 milhões de euros angariados em fundo (o maior investimento Série A alguma vez visto numa startup portuguesa), expandiram a empresa para mercados como a Alemanha e Itália e, são hoje, a maior plataforma portuguesa de arrendamento a estudantes.

O objetivo da Uniplaces é servir como intermediário entre os senhorios e os estudantes, colocando confiança nestes primeiros sobre quem vão colocar em suas casas e nos segundos sobre as comodidades que vão encontrar.

 

Pedro Freire e António Nunes 

Os últimos dois jovens que tenho para vos apresentar são uma dupla. Pedro Freire e António Nunes foram colegas na Universidade Católica Portuguesa e em 2015, fundaram a Mercadoni: uma plataforma com mais de 100 cadeias de supermercado que faz entregas de compras ao domicílio na América Latina, em menos de 1 hora.

E o seu “império” não acaba aqui… Têm ainda mais duas empresas (em parceria com outro grupo) de ecommerce: a Linio também na América Latina e a Zalorna na Ásia que juntas, faturam cerca de 500 milhões de euros anuais.

 

 

Improve every day. Create impact

Daniela Cardoso

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.